Chegou a hora de reformar seu imóvel!

Agora que você já planejou sua reforma a partir das dicas do post anterior, vamos às obras!

reforma-dentro-do-orcamento

A primeira dica da organizadora profissional, Ana Afonso, é embalar os objetos de decoração, os quadros, vasos, e os pequenos eletrodomésticos.

Móveis – Assim como os eletrodomésticos, a mobília deve ser coberta. “Um pano, uma cortina ou manta que não se usa mais pode cobrir os objetos”, sugere Ana. A especiali

sta recomenda também a utilização de plástico para proteger os móveis de umidade e respingos.

Chão – Um dos principais cuidados que não devem ser esquecidos na hora da obra é forrar o piso. “Revista toda a área que será reformada com plástico resistente ou então com papelão ondulado, que, embora seja mais caro, é a melhor opção. O custo vale o investimento”, afirma a organizadora.

De acordo com Ana, apesar de o  jornal apresentar um custo mais em conta, ele não é apropriado para forrar o chão. “O material rasga muito facilmente e pode soltar uma tinta que manchará o piso”, diz.

Guarda-roupas – Este móvel deve rece

ber atenção para que os itens que estão no interior não recebam muito pó. “Cubra a mobília com um plástico e evite abri-lo o tempo inteiro”, recomenda a especialista. A sugestão de Ana é de que, antes da reforma, os proprietários separem as vestimentas, roupas de cama e toalhas que irão usar durante as obras e as coloquem em uma mala ou caixa de papelão.

Cozinha – Quem inclui a cozinha na reforma, pode ficar com o acesso limitado a esta área por alguns dias. “Se possível, transfira a geladeira para outro ambiente, para que ela não precise ficar desligada”, orienta a organizadora.

“Aqueles que optarem por ficar em casa d

urante a obra nesse ambiente, podem fazer lanches frios nas refeições, já que o alimento tem como ser preparado em outros cantos da casa. Outra sugestão é comprar comida pronta”, diz a profissional. O importante para evitar transtornos, segundo Ana, é evitar cozinhar neste período.

Manutenção da área – Durante a reforma, é impossível manter a casa tão limpa quanto quando ela não está em obras, mas é possível minimizar a sujeira. “O ideal é pedir para qu

Planejamento – “É importante se organizar tanto logisticamente quanto financeiramente”, explica Ana. Para isso, a especialista ressalta que é preciso saber, com antecedência, como cada etapa da reforma será feita. “Se as obras interditarem partes fundamentais da casa, o ideal é que os proprietários saibam onde vão dormir durante o período”, diz a profissional. Da mesma maneira, é importante saber em que hora cada material deverá ser comprado, para não investir dinheiro no começo em algo que só será usado no final.

Fonte: ZAP Imóveis.

Anúncios